domingo, 14 de março de 2010

Aula de violino!


















O violino já estava em casa há dois anos e continuava mudo, foi então que resolvi acabar (ou seria começar ? ) com o sofrimento dele e fui aprender a tocar.

Lá se vão 10 anos...

A gente começa aprendendo a tocar cordas soltas , ou seja , sem usar os dedos, apenas passando o arco nas cordas ( não esquecer de passar breu nas crinas do arco) , depois começamos a usar um dedo na corda, depois mais um e assim sucessivamente.
Para quem não sabe, são apenas quatro cordas : Sol, Ré, Lá e Mi.
O bom é que a clave é de Sol, o que facilita muito ( ou não).
Lá pela terceira aula tive vontade de arremessar o violino na cabeça do professor e sair correndo!
A coisa é difícil mesmo e os gemidos do coitado são de matar qualquer ser humano que não seja surdo.
Mas, nada como o tempo...
Lá pelo quarto mês de aulas comecei a ficar animada com o progresso ( pequeno, tenho que confessar! ), cheguei em casa esbaforida e toda contente e disse para minhas filhas:
- Hoje a aula foi super legal , o professor introduziu o terceiro dedo!

Pausa...

As meninas arregalam os olhos e logo em seguida caem na gargalhada com o que acabaram de ouvir!

Hoje, temos uma orquestra Educacional com mais de setenta integrantes e fazemos apresentações em teatros.
Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida!
A cada nova peça eu me encanto mais e mais.
Tchaikovsky é maravilhoso, A Traviata de Verdi me leva às lágrimas, Tannhäuser de Wagner me emociona , Finlândia de Sibelius é magnífica e Ludwig me leva à loucura!

Até hoje elas lembram-se do episódio e tiram sarro de mim!


Nadinha Mara

16 comentários:

Diego Borges disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk realmente é algo que nos obriga a pensar .
O bom é que vc ama o que faz e é feliz com isso, concerteza elas sentem muito orgulho de vc.
Um abração !!!!! :)

AL. disse...

rarará
até hoje acho estranha essa história de introduzir o terceiro dedo. haahahah

besos

Gabitus disse...

Heheeheheheh... parece que foi ontem que você começou!!!

Beijos!!!

Desabafando disse...

kkkkkk....

mas eu acho lindo quem sabe tocar violino. Tenho uma amiga que é violinista e arranca lágrimas de quem a escuta.

Desabafando disse...

kkkkkk....

mas eu acho lindo quem sabe tocar violino. Tenho uma amiga que é violinista e arranca lágrimas de quem a escuta.

AL. disse...

Desabafando, a mamys também arranca lágrimas de quem a escuta, ela sempre dá um jeito de enfiar o arco do violino em nossos olhos.
rarará! hahahaha

besos

NEOQEAV disse...

Muito interessante essa do dedos.....
mas a sua euforia era tanta que vc não percebeu a quantidade de dedos usadas naquele dia........rsrsrsrsrs
agora brincadeiras a parte
é muito gratificante ver o qunto vc se esforçou para conseguir chegar até aqui e se depender de apoio virtual e verbal estarei sempre a sua disposição!!!!!
parabéns
bjs

Sheyna A. A. disse...

Deve ter sentido a sensação de qdo comecei a fazer tango...a diferença é que quando comeeceeeei a me introduzir de vdde, tive que parar de fazer. Faltou $$ kkk
Mas dá uma sensação de 'não consigo' e depois de superação, por se ver conseguindo! :)

Luna disse...

kkkkkkkk!
Adorei!
bjs

T I N I N disse...

NÁ...
Fora a introdução do terceiro dedo, que foi hilário mesmo, sua estoria de amor com o violino , é maravilhosa...
Meus parabéns querida, como é bom gostarmos muito das coisas, né!
Assim podemos transmitir ao mundo este astral tão bom como o que existe aqui no seu Blog!
Assim participamos da grande conspiração para deixar o mundo melhor!
Assim nos tornamos pessoas mais sensiveis, que se importam com os outros, que querem o bem dos outros.
Desejo futuro brilhante a artista que há em voce.
Beijo
T I N I N

Garota Karioka disse...

kkkkk
No mínimo interessante, essa história dos dedos. rs
Eu acho lindo quem sabe tocar algum instrumento, mas eu não tenho a menor vocação.
Boa 5° feira!
Beijos, beijos!

Shogo disse...

Nádia! Sua história me animou a tentar aprender a tocar violino...
Pedirei emprestado o violino para a minha mãe que o meu pai deixou de lembrança...
Quem sabe não conseguimos ganhar alguns trocados tocando juntos lá em Paris? Rsrsrsrs...

Dr. Diario disse...

meu muito bom esse blog...e as minhas aulas de violino tambem estao paradas sem coragem pra comecar...o coitado ta gritando dentro da tumba...meu estado civil tamebm e' medico...adorei essa!!! bom vou segui-las ate sabe la onde...rsrsrs abracoes

Joe_Brazuca disse...

Faz uns brasileiros tb : Villa, Guarnieri,Mignone, Guerra Peixe, Santoro, Edino Krieger, Souza Lima, Koellreutter, Gnattali, Bruckner, Lacerda,Amaral Vieira etc etc etc...rs

Vai se emocionar tanto quanto, e a cultura local agradece...rs

Seu blog é do Baralho !...sigo-vos...rs

abraço

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Nádia, qui "bunitinha" essa passagem. A gente sempre fica curioso como uma pessoa pode se interessar por violino. Pensamos que deve ter um parente violinista ou coisa parecida. Gostei muito da história. Só podia dar certo. Você é muito persistente, né?
Quanto ao dedo, explique para as meninas que mulher não tem próstata, kkkkk!
Um beijo muito carinhoso.
Manoel.

Maris Morgenstern disse...

hummm,
3 dedos é?