segunda-feira, 9 de novembro de 2009

O dia que o Juquinha morreu!




















Juquinha era o boneco predileto de minha filha Ana Carolitas!
Um bonequinho todo amarelo de bonezinho, com uma carinha de travesso!
Ela não dormia sem ele, e andava arrastando o coitado pela casa durante o dia!
Certa vez, ela estava no jardim de infância, tive a brilhante idéia de fazer uma super faxina no quarto delas, coloquei colchas novas nas camas, arrumei as prateleiras cheias de bonecos e bichinhos de pelúcia e resolvi pendurar na parede um palhaço (que era da minha filha mais velha) e o Juquinha!
Toda contente com o resultado da arrumação, lá fui eu buscá-la na escolinha!!
Quando ela chegou em casa e viu o Juquinha pendurado na parede, começou a chorar, chorar, chorar....
Nunca entendi o porque de tanto choro.
Nunca mais ela brincou nem dormiu com o boneco!
Anos mais tarde, ela confessou-me que para ela , naquele dia eu havia matado o Juquinha!
Senti-me a pior das criaturas!

Nadinha Mara

14 comentários:

Juliano disse...

Coitado do Juquinha =/

Eu adoro essas histórias da Aninha.!

Beijooooooos

Aninha Leme disse...

vc crucificou o juquinha!!!!!!!
hunf!

besos

Gabitus disse...

tadinha!!! por isso ela é traumatizada até hoje!!!!

que máááá!!!

hahahahahahahah...

beijins

Gabitus disse...

ahhh, e adorei a nova carinha do nosso blog!!! hihihihihi...

Desabafando disse...

Que maldade....rsrsrs...coitado do Juquinha!

Isadhora disse...

ôôô trauma!!!

Erika disse...

tadinha...

Maldito disse...

Experiencia peculiar,...

Maldito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maldito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog do Óbvio disse...

Nádia, criança surpreende a gente, né? Imagina todo esse tempo você assassina do Juquinha e nem tinha percebido. Tadinha da Aninha. Achei tão "bunitinha" essa foto da postagem que já estou roubando para os meus arquivos blogais. Depois deixo RG e CPF para futuros processos. Beijos saudosos do Juquinha. Manoel.

Silvio Koerich disse...

Ta porra nao to entendendo mais nada.

A ana, akela primeira da foto é filha da segunda da foto?

Meu que que tá acontecendo nao entendi

Aninha Leme disse...

HAHAHAH
Silvio, sim, eu sou a da primeira foto, a mesma do blog De quem é esse jegue, a aninha leme, vulgo favinho de mel.
A moça da segunda foto é minha mãe! kkkkkkkkkkkkkkkk
espero que tenha clareado um pouco pra vc aí.

besoss

CARLA ROCHA disse...

Sabe o que pensei? Que você havia crucificado o Juquinha para a pequena... rsrsrs Beijo grande