quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Morrer de rir

















Artistas são um povo estranho.
São esquisitos, dramáticos,sorumbáticos.
Morrem de cada coisa estranha!
Tá certo que morte nunca é um assunto muito agradável de se tratar , mas algumas vezes ela acontece de maneira tão bizarra que quase vira uma comédia.

Isadora Duncan morreu estrangulada na própria echarpe;
Tennessee Williams, engasgado com uma tampinha de remédio;
Cleópatra morreu picada por uma serpente;
Ésquilo morreu atingido por uma tartaruga ( há controvérsias);
Mama Cass morreu comendo um sanduiche de presunto;
Vinícius deve ter morrido de cirrose;
Sócrates tomou uma taça de cicuta.
Bem, pessoas morrem um dia , né?
Eu prefiro morrer de rir!!!

Nadinha Mara

8 comentários:

Juliano disse...

Puttz.!

A Cleópatra morrer com uma picada de serpente foi foda.!
Eu ri muitooooo.

Beijooooos

Desabafando disse...

Uma boa escolha a sua...rsrsrs

Aninha Leme disse...

huahauahuahau
fala sério! podia um monte de gente morrer de ignorancia, né? rsrs não restaria muita gente no mundo!

besos

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Nádia, também estou elegendo sua preferência, agora como não tem muita alternativa fico solidário com a Aninha. Não por preconceito, mas por higiene (mental) mesmo. Beijos viventes. Manoel.

Blog da Fatima disse...

Prefiro morrer de amor!!
Olha eu que romântiquinha!! rsrsrs

Mas esse povo é criatiuvo até na morte!!! kkkkk
Cleópatra foi a que morreu melhor..picada de cobra é tuudoo!!! rsrsrs

Bom findi

Bjos no ♥

Silvio Koerich disse...

Quero morrer numa maratona sexual com 200 mulheres.

Isso mesmo.

Silvio Koerich disse...

Seu comentário foi muito foda no meu blog.

Fikei momentaneamente atraído por você.


Que coisa rs

Boa semana.

Gabitus disse...

Nádia querida,

eu prefiro morrer de tanto comer, com minhas preferências culinárias...

mas como disse a Lenhas, não seria mal um povo morrer de ignorância... seria um mundo melhor!!

Mil beijos!!